Inspirado pelos estudos do doutorado, pesquisador da UFPR lança álbum que funde gêneros paraguaios e brasileiros

A música pantaneira – ou caipira, ou paraguaia -, tradição do Mato Grosso do Sul, sempre esteve no imaginário do pesquisador Julio Borba, crescido e criado na fronteira entre o Brasil e o Paraguai. Com o ouvido treinado desde criança a apreciar um gênero tão próximo da sua origem, ele fez um desvio de percurso ao optar por estudar música: a formação clássica, de conservatório, acabou o levando a um caminho distante daquele que marcou a história familiar. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s